‹ Voltar

Begèt de Lucena estreia “Pau, Pedra e Corda” às margens do Rio Paraguai

  • 28 maio 2022
  • Categorias:Geral

Um dos nomes mais instigantes da música sul-mato-grossense na atualidade, Begèt de Lucena estreou às margens do rio Paraguai seu espetáculo musical “Pau, Pedra e Corda”, no qual apresenta canções do álbum “Cygano”, lançado em 2019. Chamar o que se viu no palco de show é diminuir o tamanho do trabalho, uma vez que tudo foi concebido pelo músico em parceria com artistas da cena cultural de MS. Da luz ao figurino, todo o trabalho criativo convergiu em uma experiência estética marcante e visceral.

“Esse palco carrega uma energia incrível e estrear isso aqui, em Corumbá, me deixa muito feliz”, comenta Begèt. “A pandemia me travou a vida, eu não consegui trabalhar meu disco que havia sido lançado há pouco. Mas durante esse tempo, eu comecei a pensar e cresceu em mim esse desejo profundo de cantar as minhas canções em um formato com percussão e cordas, que foi o que apresentamos aqui”, detalha.

Os arranjos das músicas do álbum foram transpostos para uma versão mais crua, como se apresenta no título dado à apresentação. “Eu sou disso aí: pau, pedra e corda”, conta. Ao mesmo tempo que remete à sonoridade, o título também ressalta a relação de Begèt com um Brasil mais interiorano, ligado às suas raízes. O músico é nascido em Exu, interior de Pernambuco, e vive em Campo Grande.

A performance cheia de energia de Begèt cativou o público, que cantou junto e ovacionou o músico a plenos pulmões. Além dos músicos que o acompanham durante todo o show, o cantor dividiu o palco com a MC Serena, que dividiu os vocais em “Coração de Criança”. “Sou MC de batalha, de improviso. Conheço o Begèt de outros rolês culturais e ele já viu algumas apresentações minhas. Na música que cantamos juntos, em um trecho, ele usa a palavra ‘serena”, e isso aconteceu dois anos antes de nos conhecermos. A parceria surgiu assim”, conta.

“Pau, Pedra e Corda” foi apresentado na madrugada de sexta para sábado, no Palco Rio Paraguai, como parte da programação do Festival América do Sul Pantanal.

Texto: Thiago Andrade – Assessoria FASP 2022
Fotos: Marithê do Céu e Vaca Azul

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.