‹ Voltar

Mart’nália mostra força do samba em último show do Palco da Integração, na Praça Generoso Ponce

  • 01 jun 2022
  • Categorias:Geral

Para fechar com chave de ouro as apresentações no Palco da Integração, na Praça Generoso Ponce, a carioca Mart’nália entregou um show cheio de samba e bom humor. Não à toa, tudo começou com versos do refrão da canção “Don’t Worry Be Happy”, um clássico dos anos 1980. Passava pouco das 22h e Mart’nália já enchia a praça de alegria. Aos poucos, o público foi ocupando o espaço e, do começo ao fim, cantou junto todas as canções.

Com um repertório cheio de sucessos, o show trouxe canções mais recentes de seu álbum “Sou Assim Até Mudar”, de 2021, mas também abriu espaço para clássicas como “Cabide” e “Eita Menina”. Também não faltaram homenagens a nomes consagrados do samba. Vinícius de Moraes, a quem Mart’nália dedicou um disco lançado em 2019, teve canções interpretadas com primor pela cantora. “A Tonga da Mironga do Kabuletê” e “Onde Anda Você” ganham novo corpo na voz grave e levemente rouca da cantora.

Em seguida, foi a vez de cantar os clássicos do pai, Martinho da Vila. “Ex-amor” abriu o bloco dedicado ao grande sambista. “Disritmia” veio em seguida. Mart’nália dançou, cantou, tocou pandeiro e percussão e tomou uma latinha de cerveja. Corumbá dançou e cantou junto. O único empecilho para que a apresentação se tornasse uma grande roda de samba foi o palco.

No encerramento, mais uma surpresa. Pedro Luís, parceiro musical de longa data de Mart’nália, subiu para dividir o palco. Cantaram algumas canções juntos e, alguns instantes depois, integrantes do Monobloco, bloco carnavalesco carioca liderado por Pedro, também apareceram para completar a festa. Aos versos politizados de “É”, de Gonzaguinha, o show chegou ao fim com direito a manifestações tímidas em apoio a um certo candidato à presidência brasileira.

Mart’nália fez o seu primeiro show em Corumbá – embora já tenha visitado a região por lazer – e mostrou a força que o samba tem. Acompanhada de sua banda, formada por Humberto Mirabelli, Luiz Otávio, Michael Pipoquinha, Macaco Branco e Felipe Martins, a cantora mostrou que é uma das grandes vozes da música brasileira e presenteou o público com um show de alta classe.

Texto: Thiago Andrade – Fasp 2022
Fotos: Marithê do Céu

 

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.